Presidente do STJ extingue pedido de suspensão de liminar que discutia intervenção...

Presidente do STJ extingue pedido de suspensão de liminar que discutia intervenção na CBF após acordo entre entidade e MPRJ

COMPARTILHAR

Em razão de acordo celebrado em primeiro grau entre o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, extinguiu nesta segunda-feira (7) o pedido de suspensão da sentença que decretou a intervenção e anulou a eleição na entidade.​​​​​​​​​

O ministro Humberto Martins reconheceu a perda de interesse processual após o acordo entre as partes.

De acordo com o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado entre as partes na ação civil pública proposta pelo MPRJ, deverão ser cumpridas as determinações da sentença quanto à organização de assembleia e à votação de alteração estatutária da CBF.

O TAC também prevê a definição de pesos diferentes entre os votos de federações e clubes, exigências para as candidaturas e a inclusão de times da segunda divisão do futebol brasileiro no colégio eleitoral – inclusive para as eleições subsequentes na entidade.

Acordo deve prevalecer sobre a decisão do Estado-juiz

Segundo Humberto Martins, em razão do acordo, a base processual que motivou o pedido de suspensão apresentado pela CBF ao STJ não subsiste.

O presidente do STJ destacou que a principal característica da jurisdição é a substituição da vontade das partes pela vontade do Estado-juiz. Entretanto, acrescentou, quando as partes retomam o controle de suas pretensões – mesmo após a sentença –, deve prevalecer o entendimento formado por elas.

Assim, diante do acordo, Martins reconheceu a "perda superveniente de interesse processual" e extinguiu o pedido de suspensão que tramitava no tribunal, sem alcançar a ação civil pública que tramita em primeiro grau, junto à 2ª vara cível do TJRJ, que poderá ficar sujeita a outros recursos.

Leia a decisão na SLS 3.033.

Leia também: Presidente do STJ, a pedido do MPRJ, autoriza intervenção na CBF

Source: STJ

Comments

comments

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.