Funkeira proibida de usar marca de achocolatado como nome artístico?

No detalhe do vídeo, dá para ler a marca “Toddyinho” no pingente usado por Jojo

A cantora de funk Jordana Gleide de Jesus Menezes — mais conhecida como “Jojo Toddynho — parou de usar a famosa marca de achocolatado infantil, como sobrenome artístico.

A referência ao achocolatado foi excluída do Título e Descrição do videoclipe da canção “Que tiro foi esse?” no YouTube, bem como, dos usernames e bios da artista, em suas redes sociais. 

Agora, quem acessa tais conteúdos se depara com o “novo” nome artístico Jojo Maronttini.

Enviamos e-mail à assessoria de imprensa da Pepsico do Brasil — fabricante e detentora da marca — perguntando se essa mudança teria sido fruto de alguma notificação extrajudicial, expedido pela fabricante do achocolatado para a cantora e os responsáveis por sua carreira artística.

Mas tudo leva a crer, que, das duas, uma: ou a cantora se antecipou a um possível processo e mudou por sua livre e espontânea vontade; ou houve sim, qualquer sinalização por parte da detentora da marca, de que haveria um longo processo judicial. 

Mesmo assim, no clipe, é possível ver a “marca de achocolatado” ostentada num reluzente pingente, no colo da cantora. 

Use o Facebook para comentar e divulgar

Comentário

Redação DireitoFácil.NET

Redação DIREITOFACIL.NET

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: