Com inscrições abertas, II Congresso do IEDF lança obra coletiva organizada pelo...

Com inscrições abertas, II Congresso do IEDF lança obra coletiva organizada pelo ministro Reynaldo Soares da Fonseca

COMPARTILHAR

Nos dias 8, 9 e 10 de junho, serão realizados o II Congresso do Instituto Brasileiro de Educação em Direitos e Fraternidade (IEDF) e o VII Seminário do Grupo Comunhão e Direito do Centro-Oeste – que contará com o lançamento da primeira obra coletiva do IEDF, organizada pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Reynaldo Soares Fonseca.

O evento será virtual e terá como temas a tecnologia, a educação e a fraternidade. As inscrições seguem até o dia 7 de junho, no site do IEDF.

O evento será transmitido ao vivo pelo canal do instituto no YouTube e contará com a presença de estudiosos, professores, magistrados, membros do Ministério Público e da Defensoria Pública, advogados e outros especialistas jurídicos. O objetivo é apresentar propostas concretas de como se viver a fraternidade no sistema de justiça e a importância da educação em direitos nas escolas.

Obra coletiva

A primeira obra coletiva do IEDF possui finalidade acadêmica e é composta por dois volumes. O primeiro, Educação, Direito e Fraternidade, conta com 22 artigos que trabalham os conceitos que levam à trilogia Educação, Direito e Fraternidade; o segundo, A Educação e o Direito: A construção de uma sociedade fraterna, possui 21 artigos e mostra como uma sociedade fraterna pode ser implementada por meio da educação e do direito.

Além do ministro Reynaldo Fonseca – que é diretor acadêmico do instituto –, participam da organização da obra a vice-presidente do IEDF, Rafaela Silva Brito, e a professora da Universidade Federal de Santa Catarina Josiane Rose Petry Veronese.

Os organizadores do congresso convidam os participantes a se engajarem em uma campanha de doação de cestas básicas, que serão repassadas para instituições que atendem famílias em situação de vulnerabilidade no DF. A doação poderá ser realizada no ato da inscrição.

Source: STJ

Comments

comments

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.