CNJ promove pesquisa de satisfação sobre páginas de jurisprudência dos tribunais

CNJ promove pesquisa de satisfação sobre páginas de jurisprudência dos tribunais

COMPARTILHAR

​​​O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) promove, até o dia 30 de setembro, a Pesquisa de Satisfação sobre as Páginas de Jurisprudência dos Tribunais. A intenção é identificar, sob a ótica do usuário, possíveis problemas na execução das atividades, de modo a permitir a elaboração de uma estratégia de ação para superá-los.

Leia t​​ambém: Nova página de Jurisprudência traz mais facilidade para pesquisar​

Os participantes da pesquisa do CNJ não serão identificados, e os dados serão utilizados somente para gerar informações que auxiliem na melhoria dos recursos e serviços jurisprudenciais.

A iniciativa integra o trabalho do comitê de apoio para a elaboração de estudos e pareceres técnicos sobre a sistematização do serviço de jurisprudência, que, a partir de levantamento realizado em fevereiro, publicou o Relatório de Resultados do Diagnóstico dos Serviços de Jurisprudência no Poder Judiciário. O documento compila dados de 89 tribunais e apresenta um panorama desses serviços em todo o país.

A caminho da exce​​lência

Para a secretária de Jurisprudência do STJ, Bárbara Brito, é fundamental que usuários participem da pesquisa, pois assim será possível detectar questões a serem resolvidas para que o serviço oferecido seja de excelência.  

"Com o diagnóstico, identificamos o ponto de partida para as melhorias. Agora, com a pesquisa de satisfação, identificaremos o ponto de chegada. Com o panorama completo, sabendo onde estamos e para onde devemos ir, será possível desenvolver e planejar as soluções que precisarão ser implementadas ao longo do caminho, inclusive estabelecendo prioridades, para atingir o objetivo maior: a satisfação da sociedade brasileira", afirmou a secretária.

Source: STJ

Comments

comments

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.